top of page

Cobrança Condominial: como reduzir inadimplência e constrangimento entre vizinhos?

Atualizado: 23 de mai. de 2022

A inadimplência é uma situação delicada. Além de aumentar as taxas, necessita de uma cobrança condominial. Confira algumas dicas para reduzir a inadimplência e o constrangimento entre vizinhos, a seguir!


Você é síndico e o seu condomínio está passando por muitos problemas relacionados à inadimplência? Realmente, esta é uma situação bem delicada, pois aumenta o valor das taxas para os condôminos e a cobrança condominial nem sempre é algo muito confortável de se fazer, não é mesmo?


Sabemos que o síndico tem o papel de mediador entre as obrigações para manter o condomínio e a boa convivência com os moradores. Cabe a ele decidir a melhor maneira de manter a ordem e a harmonia entre tudo e todos em seu exercício profissional.


De qualquer forma, estar em dia com as taxas condominiais é um dever de todos os moradores, mesmo que haja contratempos em sua vida pessoal. Mas, cá entre nós, sabemos também que a cobrança condominial pode ser um grande desafio.


Sendo assim, vamos te mostrar neste artigo algumas maneiras práticas de se reduzir a inadimplência e os prováveis constrangimentos entre os vizinhos, mesmo com a necessidade da cobrança condominial. Continue a leitura com a gente!


Sobre a inadimplência nos condomínios

Primeiramente, é fundamental todo síndico saber que de acordo com o Código Civil:


"Art. 1.336. São deveres do condômino:


I – contribuir para as despesas do condomínio na proporção das suas frações ideais, salvo disposição em contrário na convenção;


§1o O condômino que não pagar a sua contribuição ficará sujeito aos juros moratórios convencionados ou, não sendo previstos, os de um por cento ao mês e multa de até dois por cento sobre o débito.


Art. 1.348. Compete ao síndico:


VII – cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas."


Além disso, a Lei n. 13.105/2015 vigente desde 2016, obriga o inadimplente a pagar a taxa de condomínio atrasadas em no máximo 3 dias. Caso contrário, terá seu nome negativado, sua conta bancária será bloqueada e poderá ainda ter seu imóvel penhorado.


É importante ainda ressaltar que a inadimplência influencia diretamente na saúde financeira do condomínio, o que gera insatisfação dos outros moradores por conta do aumento das taxas para cobrir as despesas, além da situação desagradável a todos os síndicos que é a cobrança condominial.


Em uma situação crítica, onde poucos moradores são leais às suas obrigações, pode ser mais que um desafio arcar com todas as despesas. Afinal, podem surgir dívidas, diminuir o poder de compra com os fornecedores e terem os materiais de manutenção do condomínio contidos.


Vejamos, então, algumas dicas para que o seu condomínio e o seu trabalho como síndico seja mais tranquilo, com menos inadimplência e também menos inconvenientes entre os condôminos, principalmente quando falamos de cobrança condominial. Confira:


Como reduzir inadimplência e constrangimentos entre vizinhos

Estas são algumas práticas que você pode adotar para controlar a inadimplência. Veja só:


Régua de Cobrança

Alguns síndicos adotam essa prática para diminuir a inadimplência. Com a régua de cobrança, se faz um mapa ou uma lista de tarefas para evitar a cobrança condominial. Pode começar com um lembrete do vencimento da fatura, depois um envio de mensagem de texto do código do boleto, agradecimentos para incentivar o pagamento em dia, etc.


Reduzir a cota do condomínio com estratégias

Se a cota condominial estiver de acordo com o nível financeiro dos moradores, sem valores absurdos, é possível evitar a inadimplência. Para isso, você pode controlar as horas extras dos funcionários, negociar os preços dos mantimentos, evitar uso exacerbado de energia elétrica do condomínio e incluir soluções tecnológicas para isso.


Contratar uma assessoria especializada em cobrança condominial

Contratar uma assessoria especializada em cobrança condominial consegue te ajudar a reduzir consideravelmente as taxas de inadimplência e manter a saúde financeira do seu condomínio.


Ter o apoio financeiro de especialistas é a melhor maneira de preservar a harmonia no condomínio e ainda ficar tranquilo por delegar a tarefa da cobrança para uma empresa.


Por exemplo: "A Rede Garantidora possui time próprio para realizar junto aos condôminos em atraso as devidas cobranças necessárias com toda gentileza e cordialidade. Temos uma equipe altamente especializada em realizar cobranças a condôminos que estejam inadimplentes. Sempre com um atendimento cordial, valores coerentes e com uma negociação acessível, levamos aos nossos clientes os melhores resultados, com uma busca constante pela diminuição da taxa de atrasos." – Denise Müller de Carvalho, diretora executiva da Rede Garantidora.


Conheça a Rede Garantidora!



40 anos, a Rede Garantidora leva soluções financeiras inteligentes para o caixa de condomínios residenciais e comerciais. Nossas empresas oferecem uma assessoria completa para quem procura receitas garantidas, cobranças, repasses de passivos, emergenciais e de benfeitorias.


Para mais informações, fique à vontade para entrar em contato pelo nosso WhatsApp, clicando aqui!

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page